,
Quando estou mal disposta

(e estou-o muitas vezes...)
mudo o sentido às frases,
complico tudo...
Alexandre O'Neill, Poesias Completas 1951/1986

A Base XIX, «Das minúsculas e maiúsculas» do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990), enumera os casos de emprego das minúsculas e maiúsculas.

Recomenda-se um uso prudente da maiúscula e apenas quando tal se justifique. Em determinadas situações, pode ser conveniente ou simplesmente desejável destacar palavras, pelo que nesses casos pode recorrer-se à maiúscula, como, por exemplo, para destacar palavras de sentido espiritual ou moral: a Arte, a Justiça.

mala-posta
Do francês malle-poste
nome feminino
carruagem basicamente destinada ao transporte oficial do correio, em compartimento próprio, mas que também era usada para o transporte de passageiros e mercadorias


«Iam a Coimbra à matrícula geral, que é logo princípio do mês; e depois, uns de barco, outros na mala-posta, lá seguiam todos para aquela praia, à espera que se abrissem as aulas.» Trindade Coelho, In Illo Tempore, p. 69


«O Vilaça então lembrou os desastres da mala-posta. No de Alcobaça, quando tudo se virou, ficaram esmagadas as duas irmãs de caridade!» Eça de Queirós, Os Maias, p. 60


Plural: malas-postas

in Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa [nova edição digital em curso]

Crédito da imagem: Pedro Ribeiro Simões

Apoios

X

Conteúdo protegido

Conteúdo protegido por direitos de autor