Perante uma pergunta, que nos foi feita recentemente, se em português se deve usar o nome crómio ou cromo, fomos levados a elaborar um esclarecimento.

Escreve-se zica ou zika? Maiúscula ou minúscula? Masculino ou feminino? Como traduzir zika virus?

Parecer académico de Ana Salgado e Manuel João Lemos de Sousa sobre as palavras terminadas em -lito, no âmbito da terminologia das rochas ígneas.

Empregar, ou não, hífen? Ponto que sempre precisou de cuidados especiais.

Embora as duas grafias sejam admissíveis, recomenda-se a grafia marca-d’água.

O critério norteador das novas normas ortográficas na demanda de um padrão ortográfico único é designado pelos redatores do Acordo Ortográfico como «critério fonético (ou da pronúncia)» na Nota Explicativa, 3.o  Este princípio fonético, muitas vezes criticado como um critério de fraco valor científico, pretende simplificar a ortografia e reduzir o número de divergências entre as práticas ortográficas portuguesa e brasileira.

A conhecida supressão de consoantes «mudas», quando não pronunciadas, ditada pelas novas regras ortográficas, gera, em determinados casos, homonímias que deverão ser evitadas em qualquer sistema ortográfico que se pretenda simplificado e objetivo. É o caso em que se encontram os pares óptica/óptico (vocábulos relacionados com a visão) vs. ótica/ótico (vocábulos relacionados com a audição). Vejamos o que a supressão da consoante etimológica pode provocar: Lesões no nervo ótico.

charabã

Do francês char-à-bancs

nome masculino

carruagem de caixa aberta e coberta por um toldo, com assentos laterais para mais de quatro pessoas, destinada a pequenos passeios ou ao transporte de caçadores e acompanhantes

in Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa [nova edição digital em curso]

Apoios

X

Conteúdo protegido

Conteúdo protegido por direitos de autor