Escreve-se zica ou zika? Maiúscula ou minúscula? Masculino ou feminino? Como traduzir zika virus?

Zica ou zika? Embora a forma com k apresente uma elevada frequência de uso, o aportuguesamento “zica” é a forma recomendada por estar adaptada ao sistema ortográfico do português com a recomendável substituição do k por c. Apesar de a nova ortografia ter integrado a letra k no alfabeto português, o seu uso mantém-se restrito a casos especiais, nomeadamente a antropónimos originários de línguas estrangeiras e seus derivados; siglas, símbolos e unidades de medida usadas internacionalmente; topónimos originários de línguas estrangeiras e seus derivados; e palavras de origem estrangeira e africana.

Maiúscula ou minúscula? Apesar de a palavra provir de um topónimo (Zika, floresta do Uganda), os nomes de doenças são nomes comuns, por isso são grafados com inicial minúscula: a zica. A confusão advém do facto de na língua inglesa os nomes de doenças serem escritos com letra maiúscula, o que não acontece em português. Masculino ou feminino? Para referir a doença, use o feminino (a zica); para referir o vírus, use o masculino (o zica).

Zika virus? A expressão inglesa deve ser traduzida por “vírus da zica”, com preposição, ou simplesmente “o zica”.

zica (De Zika, top., floresta do Uganda)

s.m. Med. Vírus transmitido pela picada de mosquitos (Aedes aegypti).
s.f. Med. Doença infeciosa cujo vírus é transmitido pela picada de mosquitos (Aedes aegypti), e que se manifesta por sintomas de febre, dores musculares e erupções cutâneas.


Lisboa, 25 de fevereiro de 2016
Comissão do Instituto de Lexicologia e Lexicografia da Língua Portuguesa

mala-posta
Do francês malle-poste
nome feminino
carruagem basicamente destinada ao transporte oficial do correio, em compartimento próprio, mas que também era usada para o transporte de passageiros e mercadorias


«Iam a Coimbra à matrícula geral, que é logo princípio do mês; e depois, uns de barco, outros na mala-posta, lá seguiam todos para aquela praia, à espera que se abrissem as aulas.» Trindade Coelho, In Illo Tempore, p. 69


«O Vilaça então lembrou os desastres da mala-posta. No de Alcobaça, quando tudo se virou, ficaram esmagadas as duas irmãs de caridade!» Eça de Queirós, Os Maias, p. 60


Plural: malas-postas

in Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa [nova edição digital em curso]

Crédito da imagem: Pedro Ribeiro Simões

Apoios

X

Conteúdo protegido

Conteúdo protegido por direitos de autor